Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (21)96554-4221

Encontre o que deseja

NO AR

Playlist

    Vacina

Vacina é aliada para frear aumento de internações e casos de doenças respiratórias no outono

Segundo boletim, o aumento médio das internações foi de 15% nas últimas três semanas, em relação ao mesmo período do mês passado - principalmente por causa da internação das crianças de até dois anos, que cresceu 46%.

Publicada em 24/04/24 as 22:17h por Jornal Nacional - 7 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
A era das doenças respiratórias  (Foto: Instituto Butantan)
A vacina é um dos aliados da população para frear o aumento de internações e casos de doenças respiratórias, típicos do outono.

A Ione procurou a unidade básica de saúde mais próxima com sintomas bem conhecidos.

"Coçando a garganta, queimando, e tossindo", enumera.
A secretária Samira Georges se recupera de uma gripe que derrubou muita gente.

"Minha irmã pegou, meu marido pegou... Praticamente todo mundo em casa com essa gripe", conta.
O tempo mais frio faz as pessoas se aglomerarem em ambientes fechados e os dias mais secos deixam a poeira e a poluição mais presentes no ar. Segundo os médicos, o resultado dessa combinação é o aumento das doenças respiratórias. Elas têm levado mais brasileiros aos postos de saúde e hospitais.
Segundo o boletim Infogripe, da Fundação Oswaldo Cruz, o aumento médio das internações foi de 15% nas últimas três semanas, em relação ao mesmo período do mês passado - principalmente por causa da internação das crianças de até dois anos, que cresceu 46%.

Das 27 unidades do país, 20 registraram alta.

O coordenador do Infogripe, Marcelo Gomes, diz que os casos de doenças respiratórias aumentam normalmente no outono, por isso é indispensável se proteger para evitar complicações.


"A vacina da gripe, o papel dela, é justamente diminuir o risco de um resfriado acabar desencadeando uma internação e até mesmo uma morte por conta do vírus. Está com resfriado, está com quadro que parece uma gripe, a gente usando uma boa máscara, a gente vai diminuir o risco de justamente passar pra outras pessoas no transporte público, no trabalho, em eventos, enfim", orienta.

A Sociedade Brasileira de Infectologia lançou uma campanha para que as pessoas entendam - ou relembrem - por que é preciso tomar a vacina.


"A ideia é exatamente ter uma campanha forte, para que a gente consiga atingir a maior parte das pessoas explicando os benefícios da vacina. As pessoas devem buscar as vacinas que estão recomendadas no calendário para sua faixa etária. Outras vacinas acontecem, podem ser realizadas o tempo inteiro, o ano inteiro", afirma Alberto Chebabo, presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia .

A aposentada Marília Magalhães Souza nunca se esqueceu disso:

"Todas as vacinas eu tomo. Acho muito importante. É a nossa defesa, né? É o que nós temos".






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nossos Parceiros

 
 
 
 
 
 
 

Nosso Whatsapp

 (21)96554-4221

Visitas: 2305 | Usuários Online: 2

Todos os direitos reservados

Converse conosco pelo Whatsapp!